cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O papel dos gerentes de projeto e dos escritórios de gerenciamento de projetos (PMOs) está se tornando vital no atual momento sem precedentes para a construção de sistemas resilientes, sustentáveis ​​e escaláveis.

A resiliência é um dos aspectos mais importantes para fornecer valor e serviços contínuos, mesmo durante a ocorrência de eventos imprevistos, recuperando-se rapidamente dos contratempos e retornando as operações ao estado normal.

As práticas e estruturas de gerenciamento de projetos adaptáveis ​​e previsíveis ajudam a desenvolver esse recurso, gerenciando riscos de maneira transparente e comunicando proativamente seu impacto, que pode variar quando o evento acontece.

Também é pertinente entender que também pode haver riscos desconhecidos para os quais a probabilidade e o impacto não são conhecidos de antemão, mas uma estratégia eficaz de resposta a riscos orientada por uma estratégia abrangente de gerenciamento de mudanças permitirá sua rápida resolução.

Uma estratégia eficaz de gerenciamento de mudanças envolverá as etapas a seguir, com a compreensão de que o risco também trará consigo a oportunidade de aprender e crescer.

1. Aceitação e adaptabilidade a eventos imprevisíveis

2. Abordagem iterativa e incremental para minimizar o impacto do risco

3. Estabelecendo ciclos de feedback iniciais e regulares

4. Estabelecer expectativas claras, realistas e mensuráveis

5. Risco do projeto a ser tratado como uma parte inerente do gerenciamento de mudanças organizacionais

6. Medir o valor empiricamente e melhorar o impacto

Uma forte metodologia de gerenciamento de projetos permitirá que as etapas acima sejam implementadas de maneira mais sustentável, alinhando a visão compartilhada para co-criar as metas. Incluirá o seguinte: –

1. Revisões dos planos de projeto e de continuidade de negócios, como e quando necessário, em vez de planos “esculpidos em pedra”

2. Facilitar a tomada de decisões colaborativa mais rápida e sustentável por meio de ferramentas digitais e criar soluções resilientes baseadas na nuvem

3. Entregar valor significativo em iterações mais curtas, de forma liberável e utilizável

4. Definir metas de cada iteração e garantir que ela se alinhe com o roteiro geral da liberação

READ  Ações da Rolls-Royce recuperam após problemas com Covid-19 e Trent 1000

5. Identificação de Riscos através da Estrutura de Repartição de Riscos (RBS) no Tópico de Risco, Categoria de Risco e Tipo de Risco e priorizando os riscos para a criação do censo de risco e gráfico de Burndown de Risco para conhecer a exposição ao risco nas iterações.

Alcançando resiliência e sustentabilidade por meio do gerenciamento de projetos e PMOs 2

Estrutura de discriminação de risco

Crédito de imagem: https://online.visual-paradigm.com/knowledge/breakdown-structure/what-is-risk-breakdown-structure/

Alcançando resiliência e sustentabilidade por meio do gerenciamento de projetos e PMOs 3

Censo de Risco

Crédito de imagem: https://www.mountaingoatsoftware.com/blog/managing-risk-on-agile-projects-with-the-risk-burndown-chart

Alcançando resiliência e sustentabilidade por meio do gerenciamento de projetos e PMOs 4

Gráfico de Burndown de Risco

Crédito de imagem: https://www.mountaingoatsoftware.com/blog/managing-risk-on-agile-projects-with-the-risk-burndown-chart

Os pontos acima permitem que as abordagens previsíveis e adaptáveis ​​funcionem em paralelo e são transferidas sem interrupções da estrutura hierárquica de divisão de risco para o gráfico incremental de redução de risco.

A sustentabilidade do projeto é necessária para escalabilidade futura e obtenção de economias de escala. Para permitir que o impacto do projeto continue e obtenha os benefícios, o papel dos PMOs se torna o fator chave para prosperar no mundo empresarial, econômico, social e político. A sustentabilidade dos projetos deve abordar os seguintes aspectos:

1 Sustentabilidade Organizacional– Para alcançar a sustentabilidade organizacional, os PMOs focam na construção de uma cultura organizacional que permita uma maneira repetida e padronizada de executar projetos e obter economias de escala.

Eles também se concentram na construção de uma maneira padronizada de governança, metodologia e relatórios para tornar os vários projetos e programas consistentes em termos de medição de progresso e desempenho.

No entanto, torna-se uma maneira convencional de formalizar o processo quando há volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade (VUCA) nos projetos, e os processos previsíveis e padronizados não funcionam bem.

Nessas situações, uma maneira evolutiva e adaptável de execução, replicação e dimensionamento de equipes e projetos funciona bem para a sustentabilidade.

Por exemplo, o Scaled Agile Framework (SAFe) concentra-se na agilidade dos negócios e é construído em torno das sete competências principais da empresa enxuta, essenciais para alcançar e sustentar uma vantagem competitiva em uma era cada vez mais digital de oferecer soluções comerciais inovadoras.

Essa estrutura também se concentra em aprimorar as habilidades e práticas existentes que podem ser necessárias para melhorar a cadeia de valor.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Alcançando resiliência e sustentabilidade por meio do gerenciamento de projetos e PMOs 5

Visão geral do SAFe 5.0

Crédito de imagem: https://www.scaledagileframework.com/#

READ  Explorando as Filosofias e Princípios das Abordagens de Planejamento

2) Sustentabilidade Econômica A sustentabilidade financeira incluirá os benefícios que serão alcançados com os custos incorridos. Um modelo financeiro sustentável é aquele que possui um Valor Presente Líquido (VPL) mais alto, maior taxa interna de retorno (TIR) ​​e é viável para seus credores e devedores.

A sustentabilidade econômica do projeto precisará ir além do aspecto orçamentário e dos retornos esperados dos investimentos feitos, garantindo que o projeto se encaixe bem na estratégia geral do negócio.

Ao mesmo tempo, é necessário definir uma trajetória econômica para os parâmetros financeiros no período sucessivo.

O Gerenciamento de Valor Agregado (EVM) é uma dessas abordagens que ajuda a identificar e medir as variações no projeto, comparando o trabalho realizado e o planejado. A abordagem EVM permite mapear as variações com a sustentabilidade econômica futura.

Alcançando resiliência e sustentabilidade por meio do gerenciamento de projetos e PMOs 6

Gerenciamento de valor agregado

Crédito de imagem: https://en.wikipedia.org/wiki/Earned_value_management

3) Sustentabilidade Comunitária No mundo do gerenciamento de projetos, o papel da comunidade é fundamental para a construção da economia do projeto, a fim de converter idéias em realidade. O papel dos PMOs está sendo transformado em comunidade de práticas (COP), que se concentra no aprendizado, desenvolvimento de habilidades, compartilhamento de conhecimento e envolvimento da comunidade.

Ele forma uma comunidade no sentido de que os membros compartilham um interesse e paixão comuns pelo sucesso dos projetos e oferece uma plataforma para aprender a membros experientes e recém-chegados.

Alcançando resiliência e sustentabilidade por meio do gerenciamento de projetos e PMOs 7

Estrutura conceitual para comunidades de PMOs

Crédito de imagem: https://www.pmi.org/learning/library/project-management-office-community-practices-6243

4) Sustentabilidade Ambiental A sustentabilidade ambiental no gerenciamento de projetos lida com os aspectos que definem a responsabilidade social das empresas no enfrentamento das questões de mudança climática, poluição, saúde pública, emissão zero de carbono, aquecimento global ou qualquer outro tópico ambiental que afete o âmbito maior da sociedade.

O aspecto ambiental desempenha um papel crítico para o crescimento dos negócios demonstrado como parte da conscientização e comportamento responsável em relação à vida neste planeta.

Também define o estado futuro da sociedade a partir dos benefícios proporcionados por melhores tecnologias, processos, padrão de vida, renda per capita, geração adicional de renda, melhores parâmetros de saúde e previdência social, práticas justas de trabalho e operação.

READ  Por que optei por um cargo sênior de gerenciamento de projetos • Guia para meninas de gerenciamento de projetos

Resumo:

Em vista dos fatos acima, o papel dos gerentes de projeto e PMOs é imenso na criação de um ecossistema resiliente e globalmente sustentável, manifestando um contexto estratégico e uma cultura para tornar domínio, práticas e competências economicamente viáveis, socialmente responsáveis ​​e ambientalmente corretas, práticas e competências de gerenciamento de projetos.

Agradecimentos e Referências

1. Gerenciamento de projetos: o que é estrutura de detalhamento de riscos – https://online.visual-paradigm.com/knowledge/breakdown-structure/what-is-risk-breakdown-structure/

2. Gerenciamento de riscos em projetos ágeis com o gráfico de risco detalhado – https://www.mountaingoatsoftware.com/blog/managing-risk-on-agile-projects-with-the-risk-burndown-chart

3. Estrutura ágil em escala (SAFe) – https://www.scaledagileframework.com/

4. Gerenciamento de valor agregado https://en.wikipedia.org/wiki/Earned_value_management

5. Aubry, M., Müller, R. e Glückler, J. (2011). Escritório de gerenciamento de projetos como comunidade de práticas. Artigo apresentado no PMI® Global Congress 2011 – North America, Dallas, TX. Newtown Square, PA: Instituto de Gerenciamento de Projetos. – https://www.pmi.org/learning/library/project-management-office-community-practices-6243

6. Tharp, J. (2012). Gerenciamento de projetos e sustentabilidade global. Trabalho apresentado no PMI® Global Congress 2012 – EMEA, Marsailles, França. Newtown Square, PA: Instituto de Gerenciamento de Projetos. – https://www.pmi.org/learning/library/project-management-global-sustainability-6393

Sobre o autor

Gaurav Dhooper é um pensador estratégico, um profissional de Agile e IT Delivery Leader, um autor e um palestrante.

Gaurav escreve artigos sobre Transformação Digital, Transformação Ágil, Gerenciamento Ágil de Projetos e Scrum. Ele também escreve artigos sobre automação de processos robóticos, inteligência artificial, aprendizado de máquina e agilidade pessoal nas principais publicações on-line.

Gaurav foi revisor do Standard for Earned Value Management do PMI e um livro sobre contratos ágeis. Ele também é um webinar e palestrante em várias conferências globais e membro do Comitê de Revisão no PMO Global Awards 2020.

Gaurav foi nomeado como o novo diretor global de mídia digital da PMO Global Alliance e recebeu uma posição honorária de alto funcionário do IAPM, na Suíça, na área metropolitana de Noida, na Índia.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *